Conselho Comunitário de Segurança JB retoma os trabalhos

Campanha de vacinação antirrábica acontece no Jardim Botânico
outubro 28, 2020
Fábrica Social do JB recebe embaixadora da Venezuela e Ministra dos Direitos Humanos
novembro 12, 2020

Conselho Comunitário de Segurança JB retoma os trabalhos

Em função da pandemia, foi realizada nesta terça-feira (27/10) a primeira reunião virtual do Conseg com a comunidade, transmitida ao vivo pelo canal do Movimento Comunitário do JB. 

As demandas e questionamentos enviados previamente pelos moradores da região foram apresentados durante a reunião e serão encaminhados aos órgãos convidados, e também para aqueles cujos representantes não puderam participar. 

Participaram da reunião virtual: Antônio de Pádua, Administrador Regional do JB;  Valéria Thomaz, DF-Legal (antiga AGEFIS); Wesley Araújo, Secretaria de Segurança; Marcelo Batista, Coordenador Geral dos Conselhos Comunitários de Segurança do DF (Secretaria de Segurança); 2º Tenente Pedro Paulo Fonsêca, Corpo de Bombeiros Militares do DF (CBMDF); Tenente Manzotte, 21º BPM São Sebastião; Darilene Rufina Lopes, Detra-DF, Livino Silva, Presidente do Conseg, e Maria Luiza Vale, Presidente do MCJB.  

Entre as demandas de mobilidade da Avenida do Sol e Jardins Mangueiral, foi solicitada a retirada de ambulantes que se aglomeram próximos às vias de acesso aos condomínios. O pedido de reforço no policiamento da região foi unânime, além da instalação de câmeras de monitoramento. 

Boas notícias para o Jardins Mangueiral: o pedido de instalação de sinalizações verticais e horizontais feito pela Associação dos Amigos do Jardins Mangueiral (AAJM) foi respondido por ofício. O Detran solicita uma reunião presencial com a AAJM para tratar sobre o pedido. 

Segundo o Tenente Manzotte e o sr. Marcelo Batista, devido à troca de comando e a persistente falta de efetivo, a retomada dos trabalhos para a implementação dos projetos comunitários de segurança como o SMAPI e a rede de vizinhos protegidos fica prejudicada. 

Por hora, Manzotte sinaliza que a prioridade é a ação no Jardim Botânico 3 para coibir os crimes e usuários de drogas na região, destinando uma assessoria de policiamento para esta área. “Nós precisamos de uma política muito forte para a região, em especial São Sebastião, pois não temos efetivo que possa suplantar as demandas da região” afirma. 

Apesar das dificuldades, o Jardim Botânico deve receber atenção especial do 21º BPM. Tudo vai depender da ajuda prestada pelo Departamento Operacional da PM, que até 2 meses atrás deslocava equipes de policiamento para a região. Porém, para implementar projetos como a instalação de câmeras de monitoramento, são necessários recursos, além do aumento do efetivo. 

A gestão política para a captação de recursos para a região, por meio de emendas parlamentares, será liderada pelo Administrador Regional do Jardim Botânico, Antônio de Pádua e por Marcelo Batista, da Secretaria de Segurança. 

A promessa para a Avenida do Sol é de que, no próximo ano, no período pós chuvas, a Administração Regional do JB se mobilize para executar  projeto de águas pluviais, evitando o aumento da voçoroca que existe na região.

Deixe uma resposta