Movimento vai ao IBRAM: condomínios querem regularização e ações ambientais
13/01/2017
O Blog cresceu e se torna um Portal!
16/01/2017

Quedas de energia aumentam nos condomínios. CEB culpa as árvores.

poda arvore samambaia andreborges agenciabrasilia 640x427

Da Redação do MCJB – 15/01/2017

Quedas de energia nos condomínios da Estrada do Sol ocorrem diariamente. Moradores enviam ao Movimento abaixo assinado para reclamação conjunta.

As constantes quedas de energia sempre foram um problema para os moradores do Jardim Botânico, principalmente de condomínios próximos à Estrada do Sol. Porém, os moradores reclamam que, nos últimos dias, a frequência de interrupções no fornecimento de energia aumentou muito, piorando o que já estava ruim. A CEB se defende e põe a culpa nas árvores que ficam abaixo da rede elétrica.

Segundo Sady Carmo, morador do Condomínio Verde, nunca ocorreram tantas interrupções de energia. “Estamos sofrendo duas ou três quedas de energia por semana, está ficando constante”, reclamou. Já Pablo Oliveira, morador do Condomínio Ouro Vermelho II, procurou o Movimento com um abaixo assinado, para fazer uma reclamação conjunta do bairro junto à CEB. “O aperto que estamos passando é grande (…) quase que diariamente há queda de energia (…) queremos reunir todos os moradores que estão passando por essa situação, para fazer uma reclamação conjunta à CEB”, explicou. Para participar do abaixo assinado organizado pelos moradores do Condomínio Ouro Vermelho II, clique aqui.

Apesar de relacionar a CEB como uma das piores concessionárias de energia do país em 2015, a Aneel afirma que a estatal brasiliense evoluiu em 2016. Porém, para os moradores do Jardim Botânico, a prestação de serviço piorou bastante, principalmente nos períodos de chuva.

Procurada pelo Movimento para esclarecer os motivos de tantas reclamações, a CEB reconheceu a existência de problemas na rede do Jardim Botânico. Informa, entretanto, que esses problemas estão sendo sanados.

O bairro é alimentado por subestações próximas, principalmente Mangueiral e Lago Sul, afirma a CEB. Segundo a concessionária houve ampliação da subestação Mangueiral e ela vem trabalhando para melhorar os circuitos alimentadores dessa subestação e também da Subestação 10, que fica no Lago Sul. Desde o ano passado, o Jardim Botânico passa por manutenções programadas e intensificação da poda de árvores próximas às linhas de energia. A CEB alega que muitas das interrupções de energia são causadas por galhos de árvores na rede elétrica.

poda arvore samambaia andreborges agenciabrasilia 640x427

Segundo a empresa, muitas dessas árvores estão dentro de residências e condomínios, o que impossibilita uma poda mais completa. Enquanto a CEB, através de sua assessoria de comunicação, joga a culpa nas árvores e exorta os moradores a se conscientizarem acerca do plantio em locais distantes da rede elétrica, a moradora Graça Melo, do Condomínio Verde, discorda. “O Condomínio Verde é o que o nome diz: Verde. São muitas árvores, mas constantemente a empresa encarregada das podas está no condomínio. Ninguém dificulta a entrada desses profissionais. O que a CEB precisa é parar de arrumar culpados e assumir suas responsabilidades.”

Mas a CEB ainda tem outro culpado. Registra-se, segundo a empresa, um aumento de ligações clandestinas, sobrecarregando a matriz energética. Os moradores, entretanto, atribuem o problema à falta de fiscalização da CEB.

A empresa não deu prazo para as interrupções constantes de energia acabarem.