CONSEG-JB discute falhas nas estatísticas criminais
29/05/2016
Sai pesquisa da CODEPLAN sobre JB: erros desagradam
02/06/2016

Semana do Meio Ambiente: A ordem do dia é debater ‘Sustentabilidade’

Da Redação do MCJB – 31/05/2016
O Movimento Comunitário do Jardim Botânico lança a 1ª Feira Ambiental do Jardim Botânico, que se realizará entre 10 e 12 de junho, evento que ocorre no fechamento da Semana do Meio Ambiente. O ponto alto é o lançamento do projeto JB Sustentável. E o Movimento chama a comunidade para o debate.


O projeto JB Sustentável, a ser lançado na 1ª Feira Ambiental do Jardim Botânico, de 10 a 12 de junho, foi criado para transformar o Jardim Botânico no primeiro grande bairro sustentável do hemisfério sul. Como todo projeto comunitário, precisa de voluntários e a Comissão de Meio Ambiente do Movimento convida a comunidade para saber mais e debater.  


Sustentabilidade é a ordem do dia em todo o mundo. Seu conceito extrapolou a semântica e, hoje, tornou-se um princípio pelo qual o uso dos recursos naturais e a satisfação das necessidades presentes não podem comprometer as gerações futuras. Em 2012, o Brasil lança legislação sobre o tema, como ação obrigatória por ser signatário de tratados internacionais sobre o meio ambiente.


Nada poderia ser mais adequado do que lançar o JB Sustentabilidade na Semana do Meio Ambiente, em meio a 1ª Feira Ambiental do Jardim Botânico, afirmam os membros da Comissão de Meio Ambiente do Movimento. “Esse é o meio de fazermos um chamamento para a comunidade vir e, de forma coletiva, ser um agente transformador.”


O evento contará com várias palestras, debates, oficinas, teatros, todos focados no tema da sustentabilidade.  


Semana do Meio Ambiente


O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho, por recomendação da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, Suêcia. Através do Decreto Federal 86.028, de 1981, o Brasil passou a promover a Semana Nacional do Meio Ambiente, cujo objetivo é a participação da comunidade na preservação do patrimônio natural do País.


Ao longo dos anos, essa data tem sido utilizada para promover eventos públicos de preservação do meio ambiente, e o tema sustentabilidade chegou com força diante do grande impasse mundial: a humanidade está consumindo os recursos naturais de tal forma que já compromete a existência de gerações futuras.


Ações


A primeira ação é a Campanha do Descarte Legal, que já começou em vários condomínios e se encerrará no último dia da 1ª Feira Ambiental do Jardim Botânico.


A campanha é resultado da parceria entre o Movimento Comunitário do Jardim Botânico e o Instituto GEA – Ética e Meio Ambiente. Para participar, basta separar todo lixo eletrônico, como computadores velhos, impressoras, celulares e outros equipamentos eletrônicos sem funcionamento, e deixá-los em algum dos vários pontos de coleta espalhados pelo bairro. Existem pontos de coleta em quase todos os condomínios associados ao Movimento e também haverá nos três dias de realização da Feira.  


O descarte irregular de equipamentos eletrônicos é um dos principais problemas de contaminação ao meio ambiente. A campanha do descarte correto,  além de preservar a natureza, vai gerar renda para a Cooperativa de Reciclagem do Varjão, que processa e destina esses equipamentos de forma adequada. Sobre a Campanha do Descarte Legal, o Instituto GEA informa que lâmpadas fluorescentes, pilhas e baterias NÃO fazem parte dos materiais que as cooperativas recebem e, para dúvidas, basta ligar para (61) 3595-1585 (Instituto GEA) ou (61) 3373-1810 (Cooperativa).

O Movimento pede aos seus associados que divulguem o folder eletrônico da Feira em suas redes sociais (clique aqui para visualizá-lo e baixá-lo). Para se inscrever em algumas das palestras ou oficinas da 1ª Feira Ambiental do Jardim Botânico, clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *