Tororó mais perto da regularização e do Jardim Botânico

Governador assina decreto que regulariza parcelamentos urbanos do Setor Habitacional Tororó, anuncia investimentos para a região e declara que o Tororó fará parte da Região Administrativa do Jardim Botânico.

Em cerimônia ocorrida neste último sábado (7), o governador Rodrigo Rollemberg assinou os decretos para três parcelamentos do Setor Habitacional Tororó, dando um grande passo para a regularização dos condomínios Estância Del Rey, Santa Bárbara e Jardim Atlântico Sul. O ato beneficiará diretamente 1,5 mil moradores, valorizando seus imóveis e dando maior segurança jurídica às suas propriedades. Todos os parcelamentos estão em áreas particulares.

Maria José Feitosa, presidente da Associação de Empreendedores do Tororó (AETOR), comemorou o avanço. “Esse decreto é o passaporte para a escritura. E a escritura é um sonho se realizando”. Maria José também informou que outros condomínios do Tororó estão chegando à etapa de terem seus decretos assinados. “São três condomínios… Estamos nos encaminhando para sermos um bairro totalmente regularizado.”

Com os projetos urbanísticos, ambiental e fundiário prontos, os condomínios agora entram na fase de registro e terão 180 dias para finalizar o processo em cartório.

Governador anuncia poligonal e Tororó fará parte do Jardim Botânico

Em seu pronunciamento, o governador informou que o governo do GDF está se reunindo para definir a tão aguardada poligonal das regiões administrativas. O Jardim Botânico é um bairro que necessita dessa delimitação, pois são vários os problemas que decorrem de sua ausência. 

Segundo Rollemberg, a partir dessa definição, o Tororó deverá ser incluído no Jardim Botânico. “Na semana passada, nos reunimos para definir as poligonais das regiões administrativas e definimos que o setor Tororó passará, a partir da aprovação da lei, a fazer parte da região administrativa do Jardim Botânico”, declarou o governador.

Historicamente, as demandas comunitárias do Tororó sempre foram atendidas pelo Jardim Botânico, que fica a 8 km de distância. Entretanto, a Portaria nº 4, de 2015, que definiu as fronteiras geográficas de atuação administrativa da RA Jardim Botânico, excluiu o Setor Habitacional Tororó e o incorporou a Santa Maria,  que fica a 40 km. O anúncio foi comemorado pelos moradores.

Investimentos para a região

O governador também prometeu investir em infraestrutura na região e anunciou empreendimentos na divisa do Distrito Federal, o que deve contribuir para a descentralização do desenvolvimento econômico do DF.  Rollemberg informou que o governo trabalha para colocar a duplicação da DF-140 no orçamento do próximo ano.

A comunidade também celebrou a emenda parlamentar da deputada distrital Telma Rufino, de 1,4 milhões de reais, para implementação da iluminação pública da DF-001, no trecho do balão de São Sebastião até a subida da DF-140, que dá acesso ao Tororó. Segundo Maria José Feitosa, da AETOR, o projeto já foi desenvolvido pela CEB que está aguardando a liberação da verba para iniciar as obras.

A aprovação de todo o projeto de infraestrutura básica da região, que abriga o Parque o Tororó e o Salto do Tororó, foi também festejado pelos moradores. Segundo Maria José, o projeto foi todo custeado pela comunidade, portanto “foi uma vitória muito grande para nós (…) de posse desse projeto aprovado, conseguiremos angariar mais recursos para uma nova luta, que será executar todos esses projetos de urbanização”, destacou a presidente da AETOR.

Um comentário em “Tororó mais perto da regularização e do Jardim Botânico

  • 13/10/2017 em 09:28
    Permalink

    Observação: Nõ esqueçam que nos encontramos num ano pré-eleitoral, dessa forma aparecem os aproveitadores políticos para, quem sabe tirarem proveitos eleitorais. Fiquemos de olho para ver se sai de fato alguma coisa, principalmente a “tão sonhada regularização” pois estamos cansados e quebrados de tanta arrecadação para novos “Planos Urbaníticos”. Nesse caso o Condominio Verde já deve ser o 3º “Plano” que ora, segunddo dizem está nos finalizandos para aprovação. Vamos aguardar. Promessas são muitas que todos nós sabemos que nos são feitas! e nada de CONCRETO!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: