Super Adega é condenada por invadir área pública no JB3
julho 4, 2020
Confira todas as reuniões virtuais realizadas com Antônio de Pádua, novo administrador do JB
julho 23, 2020

MCJB fecha parceria para teste de COVID

22/07/2020

JB passa de 1000 casos confirmados e registra 07 mortes. O Movimento Comunitário do JB (MCJB) fecha, então, mais uma parceria com o Centro Clínico do Jardim Botânico (CCJB) para a realização de testagens para o Covid-19, a custos mais baixos. Testes indicarão se a pessoa já foi ou está contaminada. 

A região Leste de saúde,  que engloba o Paranoá, Itapoã, Jardim Botânico e São Sebastião, já soma 7.589 infectados no total. A maioria dos casos são assintomáticos, o que dificulta o controle da doença na região. Apenas o Jardim Botânico e São Sebastião, juntos, acumulam 3.618 destes casos. Apesar de todas as medidas de prevenção adotadas pelos condomínios e administração regional, segundo o Boletim COVID-19 publicado pela Secretaria de Saúde no dia 21 de julho,  os infectados ultrapassam os 1.000 casos no  Jardim Botânico. 

 

 

Fonte: Secretaria de Saúde

Segundo recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), um dos principais procedimentos preventivos a serem adotados é a testagem em massa da comunidade e o isolamento daqueles que estão infectados. O GDF já informou que não promoverá mais testagem por Drive-Thru e passou a recomendar às pessoas que apresentarem sintomas da COVID a procurar as Unidades Básicas de Saúde da Região. Entretanto, o MCJB foi procurado por alguns de seus associados que denunciaram a falta de testes na UPA de São Sebastião e nos postos de saúde.

Em busca de opções de testagem segura e com baixo custo que atenda a comunidade, visando também a redução do volume de pessoas nas poucas Unidades de Saúde da região, o Movimento Comunitário do Jardim Botânico e o Centro Clínico do Jardim Botânico firmaram mais uma parceria. Desta vez é para disponibilizar aos moradores e trabalhadores da região testes de COVID-19 e vacinação tetravalente contra a gripe, a preços mais acessíveis. “Dependendo da quantidade de pessoas que solicitarem, vamos até o condomínio ou empresa e fazemos os testes e vacinação através de Drive-thru, assim diminui a necessidade das pessoas se deslocarem”, informou Mauro Hueb, proprietário do CCJB.

O Centro Clínico JB oferece três tipos de testagem para o COVID-19, o teste rápido, o sorológico I e o sorológico II. Segundo Mauro Hueb, os diferentes testes são voltados para casos específicos: 

Teste Rápido – Indica se a pessoa está ou não infectada pelo vírus. Para a confirmação do diagnóstico é necessário realizar os testes a partir de 10 dias após os primeiros sintomas.  Caso o teste dê negativo, mesmo o paciente apresentando os sintomas, é recomendável fazer a contraprova pelo teste de sorologia. 

Sorológico ICom maior precisão, indica se a pessoa está infectada ou não pelo vírus. Também deve ser realizado a partir de 10 após os primeiros sintomas. 

Sorológico IIIndica se o paciente tem ou se já esteve infectado pelo vírus pela análise da presença e quantidade de anticorpos reagentes ao COVID-19. É importante ressaltar, que nem todas as pessoas que têm infecção por COVID-19 desenvolvem anticorpos detectáveis.

Clique aqui para conferir se seu condomínio ou associação é associado ao Movimento Comunitário do Jardim Botânico e saber se tem direito ao desconto.

Já a vacina Tetravalente contra Influenza é para todas as faixas etárias, a partir dos 6 meses de vida. Em caso de febre, deve-se adiar a vacinação até que ocorra a melhora. Pessoas com histórico de alergia grave ao ovo de galinha, com sinais de anafilaxia, devem receber vacina em ambiente que ofereça condições de atendimento à reações anafiláticas, inclusive observação por pelo menos 30 minutos.

No caso de história de síndrome de Guillain-Barré (SGB),  até seis semanas após a dose anterior da vacina recomenda-se avaliação médica criteriosa sobre o risco-benefício antes de administrar nova dose.

Veja as opções de serviços abaixo:

 

Deixe uma resposta