JB Sustentável

APRESENTAÇÃO
O Projeto JB Sustentável tem caráter continuado sendo o grande norteador do Movimento Comunitário do Jardim Botânico, ora chamado Movimento, rumo a uma comunidade sustentável. Sua base está nos princípios do Programa Cidades Sustentáveis e os objetivos da agenda 2030 da ONU, portanto, pautado em um modelo de sustentabilidade urbana do ponto de vista ambiental, social e econômico. O projeto será lançado na 1ª Feira Ambiental do Jardim Botânico, em 11 de junho de 2016.

 


OBJETIVO GERAL

Transformar o Jardim Botânico no primeiro grande bairro sustentável da América do Sul, proporcionando qualidade de vida com baixo impacto ambiental, inclusão social e uso de tecnologias alternativas.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Estão distribuídos dentro dos 12 eixos do Programa Cidades Sustentáveis e foram adaptados para a realidade do Bairro Jardim Botânico:

Governança e gestão local para a sustentabilidade – Promover e incentivar a participação efetiva da comunidade nos processos de decisão e construção de ações governamentais que envolvam o bairro Jardim Botânico.

Educação para a sustentabilidade e qualidade de vida – Promover ações para incentivar valores e hábitos ambientalmente corretos, na formação de cidadãos responsáveis e conscientes de sua participação na construção de uma cidade sustentável e saudável.

Cultura para a sustentabilidade – Desenvolver atividades culturais que respeitem e valorizem a diversidade cultural da comunidade buscando a cultura do humanismo com preceitos de sustentabilidade.

Bens naturais comuns – Priorizar e incentivar o uso de energias renováveis, promover a restauração de áreas degradadas, buscar alternativas para o consumo consciente da água e de tecnologias para o seu reaproveitamento.

Economia local dinâmica, criativa e sustentável – Estimular o consumo de bens locais para fomento da economia da região do Jardim Botânico, promover a responsabilidade social empresarial e incentivar a produção e o consumo de produtos orgânicos, e a valorização de pequenos produtores.

Consumo responsável e opções de estilo de vida – Incentivar padrões de produção e consumo sustentáveis, reduzir a produção de resíduos e buscar alternativas de reutilização e reciclagem com inclusão social através de cooperativas de catadores e recicladores.

Melhor mobilidade, menos tráfego – Criar alternativas de mobilidade urbana integradas e sustentáveis.

Planejamento e desenho urbano – Criar uma força tarefa para definição e construção do planejamento urbano do Jardim Botânico, respeitando os parâmetros ambientais e urbanísticos, levando em consideração as comunidades já estabelecidas.

Justiça social e paz – Promover a cultura de paz e buscar mecanismos para garantir a segurança e o bem estar da comunidade.

Ação local para saúde – Realizar ações direcionadas para a população sobre os fatores essenciais para uma vida saudável e buscar estruturar o sistema de saúde básica do bairro.

Do local para o global – Assumir o papel de cidadãos responsáveis pela paz, justiça, equidade, desenvolvimento sustentável, proteção ao clima e a biodiversidade.

 

ESTRATÉGIAS DE AÇÃO
Na busca pelos objetivos propostos, algumas estratégias de ação foram definidas:

* Configurar parcerias público / privadas para execução dos subprojetos de cada eixo.
O primeiro passo é a configuração da parceria entre os atores envolvidos, Movimento, órgãos do GDF, empresas, entre outros parceiros a definir, para Intensificar a comunicação público/ privado/ comunidade, e viabilizar as ações que forem necessárias para a execução do projeto.

* Formar as equipes de trabalho, por eixo, para definição de metas.
Compor comissões, definidas dentro de cada eixo, para traçar metas de curto, médio e longo prazo para a execução dos objetivos do seu respectivo eixo. Isso será feito através da adequação dos indicadores gerais, do Programa Cidades Sustentáveis, para a realidade do Bairro Jardim Botânico, e também através de objetivos do Plano Nacional de Adaptação à Mudança do Clima, principalmente relacionados a prestação de serviços ecossistêmicos e redução da vulnerabilidade à mudança do clima e desenvolvimento de cidades resilientes.

*Realizar eventos educativos, formativos e expositivos.
Promover eventos com a intenção de disseminar a educação ambiental diretamente nas famílias, além de promover a disseminação da consciência ambiental e fomentar a economia eco-sustentável.

* Realizar um diagnóstico da situação atual, tendo como referência os indicadores do Programa Cidades Sustentáveis.
Depois de formadas as comissões, essas serão encarregadas também de realizar um diagnóstico da situação atual das condições socioambientais do bairro Jardim Botânico.

* Produzir um relatório geral desse diagnóstico que servirá de guia para as ações futuras.
O diagnóstico citado no item anterior será a base para a produção de um relatório das condições do bairro e servirá de guia para as tomadas de decisões para as futuras ações de melhoria dos pontos fracos e projetos para atingir as áreas deficientes, rumo a sustentabilidade do bairro.

COMO PARTICIPAR DO PROJETO

O sucesso deste projeto depende da participação comunitária. Para participar, basta preencher um rápido formulário abaixo e aguardar contato de um dos integrantes da Comissão de Meio Ambiente do Movimento:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: