Associação de Moradores do Jardim Botânico 3 pagam trator para limpar balões e promovem mutirão

Da Redação do MCJB – 21/12/2015

Cansados de esperar, Associação de Moradores do Jardim Botânico 3 paga trator para limpar balões internos e promove mutirão comunitário para arborizar o bairro.

Trabalho deveria ser feito pela NOVACAP;
Trator pago pelos moradores limpa balão de entrada do Jardim Botânico 3.
Os moradores contrataram um trator para limpar os balões que estavam com mato alto e causando acidentes. Impossibilitados de enxergar os veículos que vinham em outra direção, já se contabilizavam acidentes. 
Para aproveitar a oportunidade, os moradores conseguiram mudas em um festival na esplanada em outubro de 2015 e plantaram, eles mesmos, árvores nativas por vários pontos do bairro.
Ação da Associação de Moradores do Jardim Botânico 3
Moradores plantam mudas em vários locais do bairro
E ainda fizeram a limpeza dos balões, após receberem uma negativa da NOVACAP que informou não haver verbas para novas operações esse ano. A greve de servidores gerou  um acúmulo de tarefas de limpeza em todo DF. Não aceitando esperar, resolveram eles mesmos limpar os balões, abrir covas e arborizar o bairro.
Descaso do GDF
O Setor Habitacional do Jardim Botânico 3 é uma das poucas áreas do Jardim Botânico de responsabilidade exclusiva do poder público. Por não ser um condomínio, a urbanização, construção de praças, paisagismo, asfalto, etc., são de responsabilidade do Estado e não dos moradores, como acontece no caso dos condomínios.
Os moradores reclamam que na época da venda dos lotes pela Terracap, a promessa era de que em 2009 várias praças e um parque estariam construídos, além de toda infra-estrutura urbanística. A realidade que o bairro se encontra hoje, 8 anos após as primeiras licitações promovidas pela Terracap, é de abandono e descaso.
Placas de endereçamento improvisadas, mato alto, entulho nos arredores e nenhum dos equipamento públicos prometidos, são alguns dos muitos problemas enfrentados pelos moradores. Para piorar, um buraco em uma das vias de acesso se abre de ano em ano no período de chuvas, fruto de uma galeria de águas pluviais mal projetada. “Não há nem sinalização de trânsito, algo básico em qualquer bairro. Também não temos telefone fixo, nem internet rápida e a entrega dos Correios é sofrível (…) cansamos de esperar e vamos nós mesmos resolver alguns dos nossos problemas”, declarou a presidente da Associação de Moradores do Jardim Botânico 3, Tatiane Almeida.
Placas de endereçamento improvisadas estão espalhadas pelo Jardim Botânico 3.
Balão com mato alto no meio do bairro. Placas de endereçamento improvisadas estão espalhadas pelo bairro.
Processo judicial
Mas a Associação não vai deixar de cobrar o prejuízo do governo, dois processos judiciais foram abertos contra a Terracap, sendo que um deles é por reparação e “obrigação de fazer”, pela demora da execução de projetos propagandeados na época da comercialização dos lotes. 
Processos contra o Estado são lentos, mas não vamos parar de cobrar o poder público sobre o descaso do governo com nosso bairro”, declarou a presidente. A Associação dos Moradores do Jardim Botânico 3, que é associada ao Movimento, espera ter respostas desse processo já em 2016.
Obras à vista
A Terracap afirmou que pretende em 2016 iniciar as obras prometidas em 2008, porém, não fez previsão de datas. Licitações foram abertas, mas os moradores estão descrentes de que essas promessas sejam efetivamente cumpridas.
______________________________
Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: