Diálogos Culturais: governo quer ouvir a cultura do Jardim Botânico

Da redação do MCJB – 24/07/2015

Em reunião ocorrida no último dia 21 de julho com a comunidade do Lago Sul e do Jardim Botânico, a Secretaria de Cultura realizou audiência pública para ouvir os moradores e debater o Plano de Cultura do Distrito Federal que vai estabelecer as linhas prioritárias de ação para a arte e a cultura do DF nos próximos 10 anos.
A reunião fez parte de uma série de 24 encontros que ocorrem entre 11 de maio a 27 de julho. Após as consultas feitas junto às diversas comunidades, a Secretaria vai elaborar documento que seguirá para aprovação da Câmara Legislativa no início de 2016.
No evento ocorrido para ouvir o Jardim Botânico e o Lago Sul, participaram diversas lideranças e artistas da região, incluindo o Jardins Mangueiral, em sua estreia como o mais novo membro do bairro e do Movimento Comunitário do Jardim Botânico.
A Secretaria de Cultura solicitou que a própria comunidade faça levantamento de suas demandas culturais e indique os artistas locais, como bandas, cantores, artesãos, escultores, entre outras modalidades, que possam participar de eventos dentro da região administrativa. Está na hora desses artistas serem encontrados pela comunidade. A tarefa desse levantamento caberá também aos síndicos, presidentes de associações ou diretores de cooperativas habitacionais da região que devem prospectar e relatar a existência e disponibilidade desses artistas para futuras apresentações.   

A Secretaria anunciou que vai destacar um servidor para voltar ao Jardim Botânico com o objetivo de estudar os interesses e a viabilidade de realização de eventos.

A comunidade ofereceu espaços e propôs que a administração regional se responsabilizasse pela infraestrutura enquanto a própria comunidade se incumbiria de realizar os eventos.
A questão dos espaços não se encerrou nesse encontro, ficando os moradores com a atribuição de pesquisar outras áreas apropriadas para a realização dos eventos culturais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: