2ª Feira Ambiental agitou Jardim Botânico de Brasília

Com vários eventos reunidos sob o tema “Água, e todos promovendo a sustentabilidade, a 2ª Feira Ambiental do Jardim Botânico agitou o final de semana do JBB. Shows, palestras, oficinas, cursos, exposições, dezenas de ações de sustentabilidade. Confira as fotos e veja como foi.

Coral do projeto Ativar 3ª Idade abriu as atividades da Feira Ambiental

“Água” foi o tema da 2ª Feira Ambiental do Jardim Botânico, evento organizado pelo Movimento Comunitário do Jardim Botânico e que vai se consolidando como referência na promoção de ações voltadas à sustentabilidade no DF. A Feira ocorreu neste último final de semana, no Jardim Botânico de Brasília, fazendo parte da programação da Virada do Cerrado, iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente do DF.

Durante a Feira expositores ofereceram de artesanato à soluções ambientais completas, com direito a mini-lago natural (clique aqui e confira todas as empresas e expositores do evento).

No sábado (2), o dia começou com a exposição de quadros “Cerrado: Água, Terra, Fogo e Ar”, da artista plástica Stefânia Fernandes, da escultora Mara Nunes e do fotógrafo Ruy Alcides. Em seguida, começaram as trilhas pelo JBB e a já tradicional apresentação do coral Ativar 3ª Idade, projeto voltado para atividades com idosos. João do Lago, coordenador do projeto, aproveitou a Feira e levou seus “meninos e meninas”, como ele chama seus “alunos”, para uma trilha pelo JBB, organizada especialmente para a turma da melhor idade e que “apesar do calor e da secura, a meninada resistiu”, afirmou João.

Ainda na manhã de sábado, foi a vez do curso de Alimentação Consciente, promovido pela Semente Nativa, onde os alunos aprenderam a preparar e se alimentar de forma saudável, ao final almoçando o resultado do curso.

Início da Feira de Troca de Brinquedos - Jardim Botânico - 02/09/2017
Início da Feira de Troca de Brinquedos

Um dos pontos altos do sábado à tarde foi a Feira de Troca de Brinquedos, quando centenas de crianças fizeram a festa de forma tranquila e organizada, trocando seus brinquedos usados com seu coleguinhas. Ainda aproveitaram uma apresentação circense, com o projeto Resgate Circense, de São Sebastião.

Ao final, quem não conseguiu fazer a troca doou seus brinquedos para o projeto JB Solidário, que está recolhendo brinquedos para doação às crianças carentes da região de São Sebastião (saiba mais clicando aqui).

O final do sábado também foi de comemoração pelos dois anos do aniversário do Movimento Comunitário do Jardim Botânico e pelos 13 anos de aniversário da Região Administrativa do Jardim Botânico (veja como foi a festa clicando aqui). Um pouco antes, o secretário de Meio Ambiente do DF, André Lima, e a CAESB, fizeram uma roda de conversa explicando as causas da crise hídrica no DF e seu impacto na vida da cidade.

Domingo o dia começou com mais atrações para a criançada, que se divertiu no parquinho montado pelo Rei dos Capachos e com o pessoal da Toka da Coruja, que promoveu “Contação de História” com a escritora infantil Verônica. O pessoal do Resgate Circense também fez mais apresentações e animou a manhã da Feira. Na parte da tarde, foi a vez do Coral Infantil com violões da Santo Afonso emocionar os participantes da Feira, com várias músicas temáticas, como Asa Branca, Planeta Água e Luar do Sertão.

Coral infantil com violões – Santo Afonso – Em apresentação na 2ª Feira Ambiental do Jardim Botânico – 03/07/2017

Logo após o coral, fechando a Feira, foi a vez do palestrante e biólogo André Alves se juntar com o pessoal da Comissão de Meio Ambiente do Condomínio Estância Quintas Alvorada e explicar como fazer compostagem e montar uma horta comunitária. No final ainda foram sorteados diversos brindes, de produtos e serviços oferecidos pelos expositores da Feira.

 

O parque do Jardim Botânico

O diretor do JBB, Jeanitto Gentilini, falou ao Portal do MCJB. Afirmou que a feira vai fortalezar o objetivo de trazer o bairro Jardim Botânico para dentro do JBB. “Temos um interesse profundo nessa comunidade. Queríamos que vocês tivessem um sentimento de pertencimento ao JBB.”

Para Jeanito, o Jardim Botânico deve cumprir sua vocação de ser um bairro com muita qualidade de vida. Mas ele vai muito mais longe. Tem a proposta de trabalhar nos quintais das casas, fazendo corredores para animais silvestres, pássaros e insetos, além da recuperação de nascentes.

Confira abaixo a galeria de fotos da 2ª Feira Ambiental do Jardim Botânico!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: